Páginas

sábado, 15 de maio de 2010

Casados com a igreja, separados da familia.

‘’Casado com a Igreja, separado da
família.”
Como missionário itinerante, viajo com
frequência, e observo muito como o povo de
Deus age no dia a dia.
Certa ocasião, uma dessas observações
despertou minha atenção. Notei uma mulher
que dizia ser evangélica, e sua prioridade
não era cuidar de sua casa e nem de sua
família. A casa estava sempre suja, e quando
lhe cobravam, ela dizia que ela trabalhava
fora então não dava para ela cuidar da casa.
No banheiro nunca tinha uma toalha limpa.
Seu guarda roupa era uma bagunça. Havia
apenas um monte de roupa, uma em cima da
outra, sem nenhuma organização.
O banheiro estava cheirando a urina, não
porque ela não dava descarga ao terminar de
usar o banheiro, mas sim porque nunca tinha
disponível um desinfetante.
Uma ou duas vezes no mês costumava
também faltar papel higiênico.
Comida nem pensar! Ela não fazia, só
quando lhe dava fome. Sempre alegando que
tinha que trabalhar fora. Não se preocupava
com a roupa dos seus filhos. As crianças
nunca achavam, para ocasiões especiais,
uma roupa limpa.
Esta mulher não lavava e nem passava, pois
alegava que não tinha feito curso superior
para ser empregada doméstica.
Então cheguei a conclusão que o seu
trabalho secular era uma fuga.
O marido para usar uma roupa limpa tinha
que lavar e passar. Um dia presenciei o
marido fazendo uma sopa rápida para jantar,
pois no almoço já haviam comprado um
marmitex. Fiquei curioso e perguntei:
_ Sua mulher não faz a janta?
_ Não... ela, assim que chega do trabalho
tem compromisso na igreja.
_ Como assim, ela vai direto para a igreja ?
_ Não, ela passa em casa dorme um pouco e
depois vai para igreja.
_ E ela não passa um pano na casa, não
pergunta se os filhos já se alimentaram, não
providencia um lanche ou uma fruta para as
crianças?
_ Não.
A principio fiquei preocupado em perguntarlhe
sobre a vida intima dos dois, pois estava
numa casa estranha e ali eu era um hóspede.
Mas não resisti, e para minha tristeza aquele
homem disse-me:
_ Sexo eu tenho quando ela resolve atenderme,
geralmente ela marca hora.
_ Como assim “marca a hora” ?
_ Se eu procuro ela à tarde, ela diz para
procurá-la de manhã alegando que aquela
não é uma hora para fazer sexo.
Sabe amigo leitor, tudo isso notei em pouco
tempo que fiquei naquele local.
Fico pensando como deve ser a semana toda,
mês, ano ou uma vida. Então, olhei para a
pia da cozinha, toda suja e com uma pilha de
pratos e panelas de semanas sem lavar, o
fogão não tinha cor de tanta gordura, a
máquina de lavar cheia de roupa suja, com
água parada e com mal cheiro, pois ela
colocava as roupas e ali deixava três a
quatro dias. Pensei: O que ela deve fazer na
igreja? Se o que ela estava ‘aprendendo’ na
Igreja estava colocando em prática, afinal,
não devemos ser meros ouvintes, mas
praticante da Palavra de Deus.
Observei que ela, ao entrar em sua casa, e
passando sem falar uma palavra de amor, a
não ser para dizer que estava cansada, ia
direto para o quarto dormir.
Quando acordava abria a Bíblia, na cama
mesmo, onde estava, e preparava estudos
para dar aula em sua igreja local.
Inacreditável, uma mulher respeitada e
amada na igreja, dizimista, ofertante, porém
odiada em sua própria casa.
E assim, vemos em muitos lugares diferentes
por onde passamos, pessoas que se casam
com a igreja e se separam da família.
Sua prioridade é sempre a igreja.
Sua prioridade nunca é a família.
A casa pode estar ‘de pernas para o ar’, o
casamento pode estar desmoronando, isso
não importa, o que importa é falar em
línguas, ‘ser ungida’ e ‘cheia de unção’.
Quantas mulheres relaxadas vi na minha
vida de cristão. Ou dormem o dia todo, ou
trabalham fora para não terem
responsabilidades dentro de suas casas.
Então por que casaram-se? A Bíblia nos
orienta: se alguém não sabe governar a sua
própria casa, terá cuidado da igreja de Deus?
1 Timóteo 3:5
Quando falo desta mulher que tem as
qualidades de satanás, não falo tudo!
Ela além de preguiçosa é briguenta.
Gosta de arrumar encrenca em sua casa e
além disto usa o telefone para fofocar com
as amigas de casos ocorridos na igreja.
Mas na igreja ela é uma santa, sabe orar, se
necessário prega muito bem, tem uma boa
voz para louvar. Uma mulher que, para anjo
só falta asas. Olhar as roupas que ela veste
para ir à igreja e olhar para a limpeza de sua
casa ou de seus filhos é comparar o banheiro
de uma rodoviária com o de uma clínica
médica.
Na igreja fica acordada, pulando e gritando
o nome do Deus vivo, mas em casa, dorme,
reclama, briga e não consegue ser nem mãe,
nem esposa, e nem mulher.
A Bíblia nos ensina que, uma pessoa
delicada e amável no falar, ajuda os outros a
viver; quem é grosseiro e implicante
desanima qualquer pessoa. (Pv 15:4)
“Brigas e discussões são provocadas pelo
orgulho; as pessoas humildes aceitam
conselhos e se tornam mais sábias.”
(Pv 13:10) “É melhor morar sozinho num
barraco, do que com uma mulher briguenta e
implicante numa bela casa.” (Pv 21:9)
“É melhor morar numa terra seca e deserta,
do que numa boa casa com uma mulher
briguenta e implicante.” (Pv 21:19)
“É melhor morar sozinho num quarto de
pensão, do que numa bela casa com uma
mulher briguenta e implicante.” (Pv 25:24)
“Aquele pinga-pinga constante que acontece
quando chove, e a mulher briguenta e
implicante, são muito parecidos. Tentar
impedir que ela reclame e resmungue é
como tentar segurar o vento ou uma gota de
óleo na mão.” (Pv 27:15-16) “Para o
preguiçoso, a vida é sempre cheia de
problemas mas o homem justo tem sempre
caminho livre à sua frente.” (Pv 15:19)
“Os preguiçosos chegam ao extremo de
perder a vontade de comer para não terem o
trabalho de mexer os braços.” (Pv 19:24 )
“Não seja preguiçoso e dorminhoco senão
acabará ficando pobre; acorde, trabalhe, e
sempre terá o necessário para viver.” (Pv
20:13) “Para quem sempre dorme um pouco
mais, para quem sempre quer tirar uma
soneca, para quem só pensa em descansar e
ficar à toa a pobreza chegará de repente,
como um ladrão, e a fome atacará de
surpresa, como um bandido.” (Pv 24:33-34)
“O preguiçoso inventa as desculpas mais
idiotas para não ir trabalhar; pode haver um
leão faminto nas ruas, diz ele. Por isso, ele
fica virando de um lado para o outro na
cama, como uma porta que abre e fecha sem
parar. Ele está sempre tão cansado que tem
até preguiça de comer. Apesar de todos
esses defeitos, ele se considera o homem
mais sábio e inteligente deste mundo.”
(Pv 26:13-16).
_Missionário Ripari você só falou das
mulheres, então os homens são perfeitos ?
Perfeito só Deus.
Tem muitos homens folgados, sem
responsabilidade e sem caráter também.
Na verdade eu contei um caso isolado que vi
em uma pequena cidade do Estado do
Paraná, mas já vi muitos homens de Deus
em situações piores do que a desta mulher.
Um dia hospedei-me na casa de um homem
que além de ser respeitado em seu
movimento evangélico, era um pregador que
comovia a muitos com suas mensagens.
Homem que falava de família, falava do
amor, mas na sua casa era um fracasso.
Três dias apenas fiquei em sua casa, mas
notei que ele não dava atenção nem para os
filhos e muito menos para a esposa.
Quando resolvia viajar para fazer suas
campanhas missionárias, largava toda a
família por períodos de até uma semana.
Isso não é ser hipócrita e tolo?
Uma vez falando com um pregador de um
país distante do Brasil, ele afirmou-me que
chega a ficar seis meses fora de casa.
Perguntei a ele se ele fazia sexo por telefone.
Rindo ele disse-me que esta parte ele já
tinha superado, que o triste era que toda vez
que ele chegava em sua terra natal, seu filho
estava de um tamanho diferente.
Será que este pastor não é um forte
candidato a perder sua família?
Tem homens que batem no peito quando
dizem que tem um cargo na igreja.
Falam grosso ao lerem um salmo na igreja,
andam na igreja com seus ternos, todo
engomados, parecendo senadores da
república.
Mas, não brincam com seus filhos, nem
levam sua esposa sequer para comer uma
pizza no bar da esquina. Desde quando Deus
quer trabalhando em sua obra, um homem
que em casa maltrata a esposa?
Na verdade Deus nem ouve suas orações.
“Vocês, maridos, devem ser cuidadosos com
suas esposas, estando atento às necessidades
delas e respeitando-as como o sexo mais
frágil, lembre-se que vocês e suas esposas
são companheiros em receber as bênçãos de
Deus, e se não tratarem como devem, as
orações de vocês não terão uma resposta
pronta.” (1 Pedro 3:7)
Você já pensou, se toda igreja existente na
face da terra desse um cargo para a pessoa,
mediante seu testemunho de vida?
Eu explico: um homem para ser diácono ou
presbítero ou ter qualquer tipo de cargo teria
que trazer sua esposa na igreja para uma
entrevista...
( _Mas missionário não deveriam entrevistar
ele, o candidato?
_ Não! Chamariam a esposa dele no
gabinete do pastor e entrevistariam ela: )
_ Senhora, seu marido, como a senhora sabe,
é candidato a ocupar um cargo aqui em
nossa igreja.
_ Sim, eu sei.
_ A senhora poderia nos dizer, ele é um bom
marido e um bom pai ?
Amado leitor, eu garanto que muitos
‘homens’ não estariam ‘cantando de galo’
nas igrejas.
_Mas missionário, isso é um absurdo!
Absurdo maior é colocar pessoas
desqualificadas e sem condições mínimas
(que seriam: serem dizimistas e ofertantes),
para trabalharem na obra de Deus.
Recolhem dizimo, mas não dizimam.
Recolhem a oferta da igreja, mas não dão
oferta nenhuma. Aos domingos ficam
sentados no púlpito em cadeiras de veludo,
mas faltam no culto de oração durante a
semana para assistir televisão.
Cantam no coral da igreja, mas em seus
carros ouvem músicas do mundo que falam
o nome de Deus em vão (e às vezes até
blasfêmias). Ocupam cargos que até mesmo
lhes permitem que preguem na ausência do
pastor, mas não frequentam a escola
dominical. Isso sim é absurdo.
‘Homens de Deus’ sem nenhum
compromisso com Deus. Homens que
‘servem a Deus’, durante dez, quinze, vinte
anos, e nunca leram a Bíblia inteira uma só
vez. Isso sim é absurdo.
_Para trabalhar em uma empresa, você não
tem que dar referências?
_Para comprar a prazo em uma loja você
não tem que estar com seu nome limpo?
_Para entrar na faculdade você não tem que
provar com um certificado que concluiu o
ensino médio?
Por quê, que para trabalhar na obra de Deus,
a pessoa pode ser desqualificada?
Por ventura você consegue uma vaga em
uma empresa multinacional sem ao menos
saber operar um computador?
Por que na igreja do Senhor Jesus pode
tudo? A pessoa compra um terno e uma
gravata e já acha-se dono da verdade.
Será que a unção está na gravata?
Homens que se relacionam mal com suas
esposas e filhos não deveriam ocupar
cargo nenhum na igreja.
Primeiro tem que concertar o que está errado
em casa. Homens que são casados com a
Igreja e separados da família não
deveriam ter privilégios.
Tem muitos homens que não se realizam no
seu emprego secular, não se realizam como
pai e como marido, vão para a igreja e
descarregam sua insatisfação em cima de um
povo humilde que quer a Deus. Tem gente
com muito método e pouca unção.
Homens sem Deus e sem sucesso.
Temos que falar menos e fazer mais.
“A estrada para o sucesso não é uma reta.
Há uma curva chamada fracasso, um trevo
chamado confusão, um quebra-molas
chamado amigos, faróis de advertência
chamados família, e pneus furados
chamados empregos.
Mas...se você tiver um estepe chamado
determinação, um motor chamado
perseverança, um seguro chamado fé e um
motorista chamado Jesus, você chegará a
um lugar chamado sucesso.”

Sejamos fiéis!!

Texto retirado do livro: Fale menos, Faça mais
Autor: Missionário Antonio Ripari

2 comentários:

  1. Maravilhoso, muito bom viu? vc é dez!

    ResponderExcluir
  2. isso tudo aí é uma verdade, ja conheci muitas mulheres assim, infelismente!

    ResponderExcluir